Ministro: Reparações de comboios estão “abaixo do previsto”

Numa audição na Comissão de Finanças, ao abrigo da discussão do Orçamento do Estado para 2019, Pedro Marques, ministro do Planeamento e das Infraestruturas, admitiu que as oficinas da EMEF - Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário - vão reparar menos comboios em 2018 do que estava previsto.

O deputado Bruno Dias revelou ainda que “apenas foram feitas 15 das 29 intervenções de comboios que estavam previstas para 2018”, dando vários exemplos: “foram reparados três em quatro comboios Alfa Pendular; três comboios em 14 dos serviços urbanos de Azambuja e Sintra; sete em dez automotoras para os serviços regionais; e uma em sete intervenções nos restantes comboios”.

TOPO